Selecionar região

Notícias

Voltar

Use 23°C

10/02/2016 Tecnologia

Por Felipe Brochier, Engenheiro de sistemas da Midea Carrier

A maioria das pessoas acredita que utilizando o condicionador de ar configurado para atingir uma temperatura mais baixa irá acelerar o processo de condicionamento do ar. Na verdade, o equipamento não terá sua capacidade aumentada. Pior que isso, irá consumir mais energia e, certamente, aumentar o valor mensal da conta de luz.

Porém, com as altas temperaturas previstas para os próximos dias, é impossível não considerar o uso do ar-condicionado para gerar mais conforto. Uma dica é, ao invés de ajustar a temperatura para 17°C, o usuário ajustar para 23°C. Dessa forma, a economia de energia pode atingir 50%. Esta redução se deve primeiramente por diminuir a diferença de temperatura entre o ambiente interno e o ambiente externo, reduzindo a carga térmica e, por consequência, fazendo com que o condicionador de ar trabalhe menos.

Em segundo lugar, aumenta a diferença de temperatura de troca entre o fluido refrigerante e o ar da sala. Isto faz com que a quantidade de calor trocado aumente. Caso continue desconfiando dos meus argumentos, proponho que faça o seguinte teste: antes de usar o seu condicionador de ar para dormir, anote o valor de kWh registrado no seu contador de energia. No dia seguinte, veja quanto foi consumido. Faça isto dois dias seguidos, em um programe para 17°C e, no outro, 23°C. Assim, poderá confirmar que a diferença é de fato gritante.

Em uma simulação de um quarto de 12 metros quadrados, no Rio de Janeiro, ao ajustar o ar-condicionado para 23°C, a economia na conta de luz ao longo de um ano de utilização seria de 45%. Considerando um ano típico, ou seja, com temperatura padrão para a cidade e utilização à noite.

Além de economizar energia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a NBR 16401 recomendam que ao longo do dia, no verão, o ideal é deixar a temperatura entre 23 e 26oC, assim o ambiente ficará termicamente confortável. E, no inverno, entre 21 e 24oC.

Faça bom uso do seu aparelho e divulgue esta ideia, ajude outras pessoas a conservar energia e economizar dinheiro!

 

 

 

Sobre a Midea Carrier no Brasil

 

Em agosto de 2011, a Carrier, empresa fundada pelo inventor do ar-condicionado, Willis Carrier, e a Midea assinaram o contrato de joint venture para produção e distribuição de sistemas de climatização de ar e eletrodomésticos no Brasil, Argentina e Chile. O acordo marcou a criação da Midea Carrier ABC JV.

Com as duas plantas existentes no Brasil, a empresa tem hoje o maior centro fabricante de ar-condicionado da América Latina, com capacidade instalada que ultrapassa um milhão de unidades ao ano. É detentora das marcas Midea, Carrier, Springer e Toshiba (para distribuição de ar-condicionado), oferecendo soluções completas para climatização residencial, comercial e de grandes obras e eletrodomésticos que facilitam e trazem novas experiências para o dia a dia.

Para garantir a perfeita distribuição de seus produtos, a Midea Carrier possui mais de 200 lojas especializadas “Casas Carrier” e “Totaline”, além de um grupo com cerca de 700 revendedores credenciados e a presença nas principais lojas de varejo e e-commerce do Brasil. A Carrier é co-fundadora e membro do GBC – Green Building Concil, ONG que visa fomentar a indústria de construção sustentável no mundo.

Conheça um pouco mais da empresa em www.mideacarrier.com.br


X Alguma dúvida?
Perguntas Frequentes Atendimento Online